Provença de A à Z

Descubra os encantos e apaixone-se por esta região de charme e de lavandas.

1° Dia Avignon - Châteauneuf-du-Pape - Gordes

Chegada em Avignon, onde começamos nosso passeio em Châteauneuf-du-Pape, pequena cidade no alto de uma colina dominada pelo castelo que servia de residência de verão para os papas de Avignon. Visita-degustação em uma renomada vinícola. Entenda as características deste vinho tão conceituado que pode levar até 13 castas em sua composição.
Visita de Isle-sur-la-Sorgues, vilarejo charmoso com canais e moinhos por toda a parte, - a Veneza da Provence. Isle-sur-la-Sorgues é também conhecida pelos seus inúmeros antiquários ao longo dos canais. Chegada à Gordes e instalação no hotel. Jantar típico provençal.

2° Dia Gordes - Roussillon - Ménerbes - Gordes
Pela manhã visita do Museu da Lavanda - planta (e perfume) típicos da Provença. Nossa próxima parada será ao Domaine de la Citadelle, que além de ser uma ótima vinícola, detém ainda uma das maiores coleções de saca-rolhas em seu museu. Saída para a magnífica cidade de Roussillon, conhecida como «a cidade vermelha» devido ao pigmento ocre extraído de seu solo. Tempo livre para almoço. Em Menérbes degustação comentada de diferentes tipos de vinhos rosés. Conheceremos ainda uma iguaria desta região, a trufa. Degustação de trufas e produtos derivados. Antes do nosso retorno ao hotel visitaremos ainda a Abadia de Sénanque, cartão postal da região com seus longos campos de Lavanda. Noite em Gordes.

3° Dia Gordes - Bonnieux - Lourmarin - Aix-en-Provence - Les Baux

Pegaremos a estrada para conhecer a parte sul do Luberon. Passaremos por vilarejos encantadores como Bonnieux e Lourmarin para chegar à famosa Aix-en-Provence. Aix foi fundada pelos romanos e seu nome leva a origem das termas que ocupavam esta região. Hoje em dia a água é ainda muito presente em Aix, o que a caracteriza pelas diversas fontes espalhadas pela cidade. Visitaremos também o atelier de Cézanne, ilustre habitante da cidade. Tempo livre para compras ou alguma visita do seu interesse. Saída para a região dos Alpilles. Chegada em Les-Baux-de-Provence e instalação no hotel. Noite em Les Baux.

4° Dia Les Baux - Saint Rémy - Les Baux

Visita da charmosa cidade de Saint-Rémy. As conservadíssimas ruínas Galo-Romanas de Glanum, o Cloître de St. Paul de Mausole (a casa de repouso onde Van Gogh se internou durante o período mais produtivo da sua vida artística), o «passeio dos artistas», degustações de azeite de oliva e uma degustação do «chocolate-que-ninguém- esquece» com sabores inusitados e deliciosos. A tarde visita de «Les Baux de Provence», cidadezinha medieval encrustada no alto da colina com a esplêndida vista da dramática cadeia montanhosa dos Alpilles. As montanhas brancas de calcário, subidas íngremes e precipícios vertiginosos criam um cenário tão instigante que até Dante se convenceu que daqui se inspiraria para criar o seu «inferno» na Divina Comédia. Visita do Carrières de Lumières - O local é uma enorme pedreira desativada onde são projetados nas paredes trabalhos de pintores famosos ao som de musicas que tenham a ver com os trabalhos apresentados. Uma experiência única! Jantar em Le Baux. Retorno ao hotel.

5° Dia Fontvieille e Arles

Pela manhã : visita e degustação no Château d'Estoublon, a vinícola mais chique das redondezas. Seguimos estrada para conhecer a cidade de Arles. Ruelas estreitas, arena suntuosa palco de inúmeras óperas, um clima artístico impera. Foi aqui que Van Gogh cortou sua orelha por Gauguin (...) e por toda parte vemos cenas de suas pinturas como se estivéssemos passeando por seus quadros. Arles é ainda a cidade da fotografia com um dos mais importantes centros dedicados a esta arte. Terminamos o dia voltando no tempo... com uma visita à uma vinícola que elabora seus vinhos da mesma forma feita na Roma antiga. Esta noite teremos um jantar de despedida em um famoso restaurante, com produtos frescos e regionais. Retorno ao hotel em Les Baux

6° Dia Avignon Desfrute desta última manhã em Avignon. Visita ao Palais de Papes, (cede do papado quando foi tranferido de Roma para Avignon) e Pont St. Benezet. Tempo para aproveitar a cidade e "perder-se" em suas ruelas. Almoço em um restaurante charmoso de Avignon. Partida para Paris.